Executivo

Detran investe em veículos e tecnologia para a fiscalização de trânsito

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) realizou, na manhã desta sexta-feira (20), a entrega de motocicletas, uniforme de motociclistas e rádios HT aos agentes de trânsito que compõem o efetivo do órgão. A cerimônia ocorreu no auditório João Marques, localizado na sede da autarquia.

Foram adquiridas 40 motocicletas operacionais dos modelos XRE 300 cilidradas e NC 750 cilindradas, com o objetivo de dar agilidade e eficiência nas ações operacionais. Os uniformes dos motociclistas foram adquiridos por meio de ata da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e foram escolhidos pelos agentes de trânsito, que por meio de pesquisa elaboraram um termo de referência pontuando as especificações que o atual uniforme deveria conter. Os agentes receberam dois tipos de uniformes, um nas cores amarela e preta, que serão usado em missões especias como escolta de autoridades realizada pelo Grupamento Tático Motociclístico (GTM) e outro na cor verde para utilização nas ações de fiscalização de rotina. Já os rádios HT, que são intercomunicadores portáteis que realizam comunicação de maneira rápida e segura através de ondas magnéticas, são de última geração, inclusive com localização em GPS.

Com objetivo de melhor equipar, apoiar e incentivar os servidores que atuam na fiscalização de trânsito, a atual gestão vem investindo em aquisição de equipamentos e capacitação profissional, mesmo com a crise que assola a sociedade e a orientação de contenção de gastos, por entender que este investimento é de suma importância para o desenvolvimento dos trabalhos da categoria, na busca de um trânsito mais seguro. Somente em 2017 já houve investimentos na compra de materiais de sinalização (cones, barreira fixa, supercones, barreira pantográfica, entre outros), materiais imprescindíveis para salvaguardar a integridade física dos agentes nas ações e viabilização da criação do posto de fiscalização da Alça Viária, que tem como objetivo a fiscalização de peso e outras infrações que colocam em risco a segurança viária.

A diretora Geral, Andrea Hass, ressaltou que desde o início de sua gestão sempre houve a preocupação em investir na fiscalização de trânsito e que todos os projetos da instituição foram apresentados ao governador Simão Jatene, que tem dado total apoio para o cumprimento desses investimentos. “O que faz a diferença numa gestão pública é a atitude e iniciativa de fazer e querer mudar, as vezes é difícil mudar, mas não podemos temer os desafios, eu acredito e ressalto que esta instituição a cada dia que passa fica mais fortalecida e os servidores devem estar unidos para manter esse fortalecimento”.

Ainda sobre investimento, na ocasião foi anunciado aos agentes que já está em fase de aquisição o videomonitoramento, talonário eletrônico e o Sistema para Levantamento de Acidente de Trânsito (SISDAT).O videomonitoramento atende o disposto da Resolução 471/2013 e 571/2015 que regulamenta e cria as diretrizes para execução da fiscalização. As ações serão seletivas e direcionadas, garantindo uma maior eficiência nas operações. O talonário eletrônico, previsto com base na portaria 109/2016 e no art. 280 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), está em fase de cotação de preço e

Já SISDAT será uma ferramenta importante aos condutores de maneira geral, já que é um instrumento oficial para registro de ocorrências de acidentes simples em vias, aqueles com pequenos danos e avarias nos veículos, sem vítimas, vazamentos de produtos perigosos, dano ao meio ambiente ou envolver veículo oficial. A utilização do sistema faz com que não seja necessário o envio de agentes de trânsito ao local.

Fonte: http://www.detran.pa.gov.br

Comentário

Faça seu comentário