Economia e Emprego Galeria de Vídeos Norte

Edmilson revela choque com cortes às universidades

O deputado Edmilson Rodrigues (PSOL) repercutiu o corte de R$ 249 milhões no repasse do Ministério da Educação às universidades federais. “Me chocou (…) Vejo com tristeza que o orçamento de 70% das instituições do país tiveram corte entre janeiro e junho (de 2017, comparado ao mesmo período de 2016). A UFPA encabeça as que mais perderam, com 34% a menos”, lamentou durante a reunião da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara federal, nesta quarta-feira, 30/08.
 
Edmilson, que é autor de emendas parlamentares direcionadas à Universidade Federal do Pará e que ainda não foram pagas, lamentou a paralisação dos investimentos e os prejuízos no custeio proporcionados pelo contingenciamento na Educação, que foi R$ 4,3 bilhões. “É triste ver que 11 universidades tendem a parar as atividades em setembro. Isso está criando um trauma psicológico em milhares de estudantes e professores”, disse o psolista. 
 
No pronunciamento escrito, que foi dado como lido, Edmilson observou que, segundo o reitor da UFPA e presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior no Brasil (Andifes), Emmanuel Tourinho, o orçamento de 2017 é cerca de 15% menor nos recursos de manutenção e de 50% na verba de investimentos em relação a 2014. 
 
“É muito triste ver uma UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), a maior da América Latina e que está no front da produção científica mundial, sem laboratórios funcionando e com a possibilidade de fechar cursos e paralisar as atividades totais, como aconteceu na UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). O governo federal contingenciou 44% dos recursos.”
 

Comentário

Faça seu comentário