Executivo

Governo Federal vai asfaltar estrada de Parauapebas à divisa com Marabá

Anúncio foi feito pelo ministro da Integração Nacional no último dia da FAP

O Governo Federal vai liberar recursos para o asfaltamento de 22 quilômetros da estrada que vai de Parauapebas até a área do Contestado, em Marabá. O anúncio foi feito pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho durante visita à Feira de Agronegócios de Parauapebas (FAP), encerrada no domingo, 10.
O pedido de asfaltamento partiu do prefeito Darci Lermen, para impulsionar o escoamento da produção na região, o que vai gerar mais emprego e renda. “A agricultura e a pecuária são muito importantes para nós por se tratarem de uma nova matriz econômica, que temos que trabalhar”, defendeu ele.
Na mesma linha de raciocínio, Helder Barbalho assinalou que Parauapebas precisa cuidar do futuro sem projetar vínculo com a produção mineral diante dos estudos que apontam o fim da exploração de minério no município dentro de duas décadas. E o agronegócio está entre os setores que mais crescem no Brasil tanto que não foi atingido pela atual crise econômica.
“O Darci apresentou a proposta para o asfaltamento da estrada, e o Ministério da Integração vai garantir que o meio rural seja fortalecido porque precisamos construir alternativas econômicas para Parauapebas, que não pode mais ficar dependente do minério”, endossou Helder Barbalho.
Darci Lermen agradeceu ao ministro da Integração Nacional, a quem chamou de “embaixador de Parauapebas”, pelo empenho em garantir obras e serviços para o município mesmo que não sejam da pasta da Integração, como o projeto para implantação do curso de Medicina pelo campi da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), em Parauapebas.
Além de Darci Lermen, acompanharam o ministro na visita à FAP o vice-prefeito Sérgio Balduíno, secretários municipais, vereadores, o prefeito de Eldorado dos Carajás, Célio Boiadeiro, e o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas (Siproduz), João Barreto.

PARCERIA FIRMA SUCESSO DA FAP

Foram quatro dias de muita diversão na FAP, sempre marcada e lembrada pelos shows de artistas locais e nacionais e pela cavalgada. Neste ano, a organização do evento começou a mudar o formato da feira, que passou a ser um local não apenas de lazer e realização de negócios, mas também de exibição da produção de pequenos e microempreendedores regionais e dos serviços realizados pela Prefeitura de Parauapebas, por meio das secretarias.
Em estandes montados na FAP, o governo municipal mostrou um pouco do vem fazendo pelo desenvolvimento do município ao mesmo tempo em que ofereceu serviços à população, nas mais diversas áreas, como de saúde e urbanismo.
No domingo, foi a vez de ser realizada a FAP Cidadania, com envolvimento também do Judiciário, Defensoria Pública, Câmara de Vereadores e outras instituições, que levaram uma série de serviços à população, como emissão de documentos e atendimento à saúde.
Helder Barbalho, Darci Lermen e demais autoridades percorreram quase toda a feira, conversaram com pequenos empreendedores e provaram produtos como o café feito da semente do açaí. O presidente do Siproduz, João Barreto, debitou à parceria com o poder público “o grande sucesso” da FAP e adiantou que, em 2018, a feira será ainda melhor.
Após percorrer todos os estandes e conversar com as pessoas, Darci Lermen avaliou que “alguns ajustes” precisam ser feitos ano que vem para o maior conforto da população, que precisou enfrentar o escaldante sol de domingo, para retirar documentos. “Essas coisas precisam ser revistas e alguns ajustes têm que ser feitos. Mas no geral a feira foi muito boa. Uma parceria que deu certo, e tenho certeza que todo mundo gostou”, disse o prefeito.

 

Texto: Hanny Amoras e Fotos: Bruno Cecim
Prefeitura Municipal de Parauapebas | Assessoria de Comunicação Social

Comentário

Faça seu comentário