Meio Ambiente

Temer extingue reserva na Amazônia para ampliar exploração mineral

O presidente Michel Temer extinguiu nesta quarta (23) uma área de reserva ambiental de 46.450 km² –tamanho equivalente ao do Espírito Santo–, na divisa entre Pará e Amapá, conhecida como Renca (Reserva Nacional de Cobre e seus Associados). A região possui reservas minerais de ouro, ferro e cobre.

A Renca foi criada em 1984, durante o regime militar. Dentro da reserva estão localizadas partes de três unidades de conservação (UC) de proteção integral, de quatro unidades de conservação de uso sustentável (uma delas na qual a mineração era permitida a partir de um plano de manejo) e de duas terras indígenas.

Até então, somente o Serviço Geológico Brasileiro poderia realizar pesquisa mineral ou viabilizar e autorizar qualquer tipo de extração econômica de minerais.

Leia mais em http://www1.folha.uol.com.br

Comentário

Faça seu comentário